Análise do primeiro Vestibular da UFBA em 2005 com Sistema de Cotas.

Eficácia do Sistema de Cotas
Desempenho acadêmico dos cotistas

Anexos:
 Tabela I    Tabela II    Tabela III    Tabela IV   Tabela V

 

I– O sistema de cotas

1) O sistema de cotas considera seis categorias de inscrição dos candidatos no Vestibular e as respectivas porcentagens de vagas reservadas, tanto na primeira como na segunda fase:

Categoria A (36,55%): candidatos de escola pública que se declararam pretos ou pardos.

Categoria B (6,45%): candidatos de escola pública de qualquer etnia ou cor.

Categoria D (2%): candidatos de escola pública que se declararam índio-descendentes.

Categoria E (55%): todos os candidatos, qualquer que seja a procedência escolar e a etnia ou cor.

2)Não sendo preenchidas todas as vagas das Categorias A e B, elas são prioritariamente preenchidas por candidatos de escola particular que se declararam pretos ou pardos (inscrição de Categoria C ). Permanecendo vagas abertas, elas são preenchidas por candidatos com inscrição da Categoria E.

3) Não sendo preenchidas todas as vagas da Categoria D, elas são preenchidas por candidatos com inscrição da Categoria E.

4) Em todos os cursos, são abertas até duas vagas extras, além do total oferecido, exclusivamente para candidatos de escola pública que se declararam índios aldeados ou moradores das comunidades remanescentes dos quilombos (inscrição de Categoria F ), nos termos do Art. 3º, alínea III , e Art. 7º da Resolução Consepe nº 01/04. Essas vagas extras não são oferecidas, se:

a) nas vagas anteriormente preenchidas, houver candidatos da Categoria F de inscrição em número igual ou superior ao oferecido;

b) não houver candidatos aptos em número suficiente para preenchê-las, total ou parcialmente.

4) Dentro de cada categoria de inscrição (de A a F), os candidatos são selecionados rigorosamente pela ordem de classificação no Vestibular (desempenho acadêmico), conforme estabelecido no Manual do Candidato.

5) Observe-se que as categorias de inscrição não são mutuamente exclusivas. A é subconjunto de B , que, por sua vez, é subconjunto de E . Assim, um candidato com inscrição de Categoria A, se não selecionado, continua concorrendo na Categoria B e, se não selecionado, ainda concorre na Categoria E. Obviamente, ele concorre em igualdade de condições (exclusivamente pelo desempenho acadêmico) com todos os candidatos da categoria de inscrição na qual está efetivamente concorrendo.

6)Para a segunda fase, são classificados candidatos em número equivalente ao triplo do número de vagas oferecidas em cada curso, considerando-se cada uma das categorias de inscrição anteriormente mencionadas.